<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog Tuiuti

Entenda o que é iniciação científica e incremente seu currículo

Postado por Maria Clara on 29-05-2018 9:00

Faz parte dos deveres de uma universidade a promoção de atividades de ensino, extensão e pesquisa. A participação em um projeto de iniciação científica pode ser a porta de entrada para quem sonha em seguir a carreira como pesquisador ou mesmo se tornar um professor universitário.

No post de hoje, nós vamos explicar as características desse programa e que benefícios ele agrega ao currículo do estudante de graduação. Encontre uma resposta às suas principais dúvidas sobre esse assunto.

pesquisador cientifico 

O que é iniciação científica?

Para começar, vamos explicar o que é iniciação científica (IC). Trata-se de um programa criado para despertar ou fortalecer a vocação para a ciência em alunos de graduação.

Nesse contexto, o aluno inscrito pode desenvolver projetos de pesquisa em sua área de interesse, sempre sob a supervisão de um professor-pesquisador, que possua vínculo com a instituição de ensino.

Em termos práticos, ao longo do período de iniciação científica, que dura em torno de doze meses, o estudante aprende sobre os principais métodos e estratégias de pesquisa científica, além de estimular o desenvolvimento da criatividade e de uma nova forma de pensar.

Se o participante optar por se dedicar exclusivamente a essa atividade, pode pedir para que o seu orientador inscreva o projeto para concorrer a uma bolsa de iniciação científica, concedida por órgãos como o CNPq.

Por que vale a pena ingressar na iniciação científica?

São várias as razões que confirmam a importância de ingressar em um projeto de iniciação científica. Entenda quais são os principais benefícios:

Tendência de melhora do desempenho ainda na graduação

A tendência é que o participante de um projeto de iniciação científica apresente um rendimento superior ao dos colegas. Como eles desenvolvem um olhar diferenciado, tendem a usar as estratégias que aprendem também na sala de aula.

O caminho inverso também é possível, uma vez que os conteúdos aprendidos nas disciplinas podem ajudar a encontrar novos rumos para a pesquisa.

Mais facilidade em uma pós-graduação

Outro benefício para o estudante é a maior facilidade em adaptar-se à rotina de uma pós-graduação, justamente por já possuir um conhecimento prévio acerca dos procedimentos básicos para a realização de uma pesquisa, essenciais na modalidade Strictu Sensu, que compreendem as modalidades de mestrado e doutorado.

Desenvolvimento pessoal

Por último, destacamos o fato de que os conhecimentos aprendidos durante a iniciação científica não são úteis apenas durante a vivência acadêmica.

Também contribuem para que o estudante se torne um profissional mais qualificado, adaptando-se ao crescente nível de exigência das empresas. Isso acontece porque pesquisadores são, de um modo geral, criativos, organizados e pontuais.

Esperamos que nossas explicações tenham ajudado você a entender o que é a iniciação científica. Ficou entusiasmado com essa possibilidade? Acesse a página do Programa de Iniciação Científica mantido pela Universidade Tuiuti do Paraná.

Acesse nosso site!

Leia também: Como pagar a faculdade e não ficar no vermelho

Maria Clara

Escrito por Maria Clara

Topics: iniciação científica

Blog_01
Blog_01-1
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes