<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog Tuiuti

Engenharia de Segurança do Trabalho: quem pode cursar essa especialização?

Postado por Luiz Almeida on 10-10-2018 14:00

Proteger a saúde dos colaboradores, promover a qualidade de vida e prevenir acidentes laborais são apenas algumas das responsabilidades de quem estudou Engenharia de Segurança no Trabalho.

Mas você sabe quais são as regras para atuar profissionalmente na área? Descubra o que é necessário para se tornar engenheiro de segurança no trabalho e tire as principais dúvidas sobre a especialização!

Engenharia de Segurança do Trabalho

Engenharia de Segurança no Trabalho: 3 regras para fazer uma especialização na área

A pós-graduação em Engenharia de Segurança no Trabalho só pode ser cursada por algumas pessoas. Será que você faz parte desse grupo? Confira a seguir as três regras básicas para se especializar na área!

1. Ter uma graduação em Engenharia ou Arquitetura

De acordo com a Lei 7.410 de 1985, para se especializar em Engenharia de Segurança no Trabalho é preciso ser engenheiro ou arquiteto formado. Ou seja, você precisa ter um diploma de ensino superior em um desses dois cursos antes de qualquer coisa.

2. Ser um engenheiro ou arquiteto registrado no CREA ou no CAU

Se você já tem o diploma de Engenharia ou Arquitetura em mãos, lembre-se de se registrar no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) ou no CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) antes de se inscrever numa especialização em Engenharia de Segurança no Trabalho. Além de um requisito para exercer a profissão, este credenciamento lhe permite continuar os estudos na pós-graduação.

3. A pós-graduação também deve ser aprovada pelo CREA

O curso de especialização em Engenharia de Segurança no Trabalho deve ser reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e aprovado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Caso contrário, seu certificado não terá validade legal e você não poderá colocar em prática tudo o que aprendeu na faculdade. Depois de investir tempo e dinheiro, esforço e dedicação, essa é a última coisa que você quer ouvir, não é?

Principais dúvidas sobre a pós-graduação em Engenharia de Segurança no Trabalho

Agora que você já sabe o que é preciso para se tornar engenheiro de segurança no trabalho, talvez algumas dúvidas tenham surgido. Veja as principais perguntas sobre o assunto:

1. Fiz um tecnólogo, posso me especializar em Engenharia de Segurança no Trabalho?

Como dito anteriormente, somente arquitetos e engenheiros formados e com registro no CAU e no CREA podem realizar a pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho. Tecnólogos não entram nessa lista, portanto, ao cursar essa especialização, você deve estar ciente de que não obterá o certificado de especialista, mas sim do cumprimento de disciplinas em caráter de curso de extensão.

2. Qual Engenharia eu preciso fazer para me tornar engenheiro de segurança do trabalho?

Tanto faz se você estudou Engenharia Elétrica, Mecânica, Civil ou qualquer uma das outras engenharias. Se você já se formou e se registrou no CREA, pode inscrever-se na pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho e receber seu certificado após a conclusão de todas as disciplinas e do trabalho de conclusão de curso.

Afinal, eu posso me especializar em Engenharia de Segurança do Trabalho?

Se você cumpre todos os requisitos mencionados, você pode se especializar em Engenharia de Segurança do Trabalho!

Acesse o site da Universidade Tuiuti do Paraná para saber mais sobre o curso e fazer a sua matrícula!

Nova call-to-action

Luiz Almeida

Escrito por Luiz Almeida

Topics: Pós Graduação

Blog_01
Blog_01-1
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes