Como começar seu network profissional na faculdade? 6 dicas!

Postado por Maria Clara on 17-06-2022 8:00

Network profissional

O seu network profissional não deve começar apenas quando se formar: o período de graduação é o momento perfeito para começar a criar sua lista de contatos e futuros parceiros em sua carreira.

Neste texto, explicaremos o que é o networking profissional e quais as principais dicas para sair da faculdade cheio de conhecimento e contatos para construir uma carreira de sucesso. Confira!

O que é networking profissional?

Antes de falarmos sobre as dicas, é importante que você entenda o que é networking profissional. Esse termo se refere ao processo de criar relações com pessoas com interesses em comum voltadas para o crescimento da carreira.

Um networking criado por meio de uma comunicação assertiva é feito ao se trocar experiências, obter informações e ampliar os conhecimentos da área de trabalho.

Os benefícios de fazer networking

Um dos benefícios de investir no networking, principalmente enquanto estiver na faculdade, é a possibilidade de ver a sua área em novos pontos de vista, pois um profissional com anos de carreira poderá lhe orientar sobre as atuais necessidades da área.

Além disso, o compartilhamento de ajuda e informações permitirá que você fortaleça laços profissionais; você ajudará quem precisa e, ao mesmo tempo, será ajudado quando precisar.

Como começar o network profissional na faculdade?

Agora que você entendeu um pouco mais o que é essa rede de relacionamentos profissional e quais os seus benefícios. Está na hora de entender como fazer networking e usufruir dessas e outras vantagens.

1.  Seja ativo dentro e fora da faculdade

É necessário que você invista em maneiras de ser visto e fazer boas relações na faculdade. Busque conhecer os eventos relacionados à sua área organizados pelo movimento estudantil, além de participar das reuniões do Centro Acadêmico.

Ainda é interessante que você conheça pessoas de outros cursos na faculdade, afinal, elas podem precisar dos seus serviços futuramente ou, até mesmo, ter uma área de atuação que pode complementar a sua carreira.

Fora da instituição também existem outros acontecimentos acadêmicos que podem agregar conhecimento e network profissional. Organize seu horário e veja em quais deles você pode se fazer presente (atualmente, também existem muitas palestras sendo feitas on-line).

Essa é uma maneira de ficar mais conhecido na sua cidade, ampliando as suas possibilidades de mercado ao trabalhar ou, até mesmo, durante a faculdade, no período de estágio.

2. Invista em uma comunicação assertiva

Você sabe o que é comunicação assertiva? Esse é um tipo de comunicação em que você consegue transmitir suas informações com confiança, objetividade e clareza. Ou seja, é mais que saber ouvir ou falar: é saber se comunicar.

Para conseguir ser um comunicador assertivo, busque entender o outro, além de observar como as pessoas ao seu redor se comunicam. Não se esqueça de cuidar da sua linguagem não verbal (postura corporal, gestos) para oferecer uma boa impressão.

Não seja um alpinista social

Fazer networking é importante, porém não queremos que você se torne um alpinista social, ou seja, uma pessoa que investe em relacionamentos com o único propósito de ascender socialmente e profissionalmente.

Fazer networking não é utilizar pessoas exclusivamente para atingir o seu objetivo e sim criar conexões que sejam positivas para todos os lados, permitindo que todos cresçam juntos.

Veja também:

E-book - Profissões do futuro

3. Tenha um bom relacionamento com seus colegas e professores

Aproveite os momentos em sala para trabalhar o seu networking: fazer amizade com seus professores e colegas é uma ótima maneira de conseguir futuras parcerias para projetos ou, até mesmo, indicações em oportunidades de estágio e trabalho.

Muitos cursos oferecem a oportunidade de os estudantes desenvolverem projetos e estudos mais aprofundados em sua área, sendo ótimos para a criação de inovações com colegas que podem refletir positivamente em sua carreira.

Também é interessante conhecer o trabalho dos seus professores fora da faculdade, como projetos e pesquisas feitas por eles. Mas lembre-se de não ser inconveniente! É interessante dar espaço para ele, a fim de que possa auxiliar os outros alunos.

Muitos docentes também são proprietários de empresas na área em que lecionam ou apresentam uma boa relação com organizações e laboratórios. Nesse caso, é comum que eles indiquem os melhores alunos para oportunidades de trabalho.

4.  Participe das semanas acadêmicas

Você já ouviu falar nas semanas acadêmicas? Esse é um tipo de evento organizado pelos próprios estudantes que buscam debater temas relacionados à sua área de atuação. É uma oportunidade de muito aprendizado e networking, pois é comum a realização de palestras com referências do mercado de trabalho.

Além disso, também são feitos debates, discussões e mesas redondas, momentos em que você pode expor sua ideia e, ao mesmo tempo, ouvir outras visões dos seus colegas, o que agregará em seu conhecimento.

Outra vantagem de participar das semanas acadêmicas, bem como de outros eventos acadêmicos relacionados a sua hora é possibilidade de receber certificados de horas complementares, exigidos em diversos cursos de graduação.

Não se esqueça de levar alguns itens importantes para esse evento, como um bloquinho de anotações, caneta ou lápis, frutas e água, além de um carregador powerbank para garantir que você consiga registrar os momentos mais valiosos.

5. Ajude para ser ajudado

Lembra quando falamos sobre não ser um alpinista social? Para evitar ter essa postura,  é muito importante que a ajuda seja algo mútuo nas relações entre você e seus contatos. A premissa dessa comunicação é de que ela oferece benefícios para todos.

Se seus colegas precisarem de ajuda em uma matéria ou quiserem conversar sobre algum assunto relacionado à sua área de atuação, busque ser solícito. Dessa maneira, eles se sentirão gratos pela sua ajuda e auxiliarão quando puderem.

Além disso, ensinar outras pessoas dentro do seu campo de conhecimento é uma maneira de estudar seus próprios aprendizados, principalmente se você seguir uma licenciatura.

Além da ajuda ativa, você também poderá pedir conselhos e feedbacks honestos do seu trabalho, como uma maneira de receber uma avaliação dos pontos que podem ser melhorados.

6.  Não se esqueça de ser um bom aluno

Fazer amizades e conexões são coisas necessárias, mas não se esqueça de estudar! Mesmo com conexões, ninguém te indicará para vagas interessantes ou chamará para projetos se não demonstrar domínio na área.

Por isso, pegue pesado nos estudos, tire suas dúvidas com os professores sempre que elas surgirem, tire boas notas nas provas e trabalhos e dedique um tempinho em casa para revisar a matéria.

Apresentar boas notas chamará a atenção dos professores e de outros profissionais da faculdade, que pedirão a você que participe de eventos interessantes, bem como farão que você cresça ainda mais, academicamente e profissionalmente.

Esse também é um parâmetro que faz parte das suas relações na sua faculdade: provavelmente, estudantes que não se mostram dedicados aos estudos podem não contribuir para o crescimento profissional mútuo.

Assim, entendendo o que é o network profissional e como trabalhá-lo corretamente durante a faculdade, você conseguirá criar conexões valiosas e que o ajudarão a alcançar seus objetivos mais rapidamente. 

Se você está pensando em seguir a carreira de biomédico, confira este outro artigo do nosso blog em que explicamos tudo sobre essa profissão que tem tudo para ser cada vez mais valorizada no mercado

O que faz um biomédico?  Conheça tudo sobre a profissão

Maria Clara

Escrito por Maria Clara

Topics: network profissional

Vestibular Tuiuti 2022
Pós Graduação mestrado e doutorado
Pós Graduação Especialização
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes