<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

7 curiosidades que os estudantes de Psicologia têm que saber

Postado por Maria Clara on 24-05-2022 10:00

estudantes de Psicologia

 

Você faz parte do grupo de estudantes de Psicologia (ou está pensando em ter uma formação acadêmica na área) e quer saber um pouco mais sobre ela? A verdade é que existem muitas informações equivocadas sobre a área, o que pode desanimar algumas pessoas a seguir esse caminho profissional.

Neste post, conheça 6 curiosidades sobre essa área que os estudantes de Psicologia precisam saber para entender melhor esse caminho profissional que encanta e se faz necessário em nossa sociedade.

Boa leitura!

1. Há alta procura por profissionais de Psicologia no mercado

Conforme a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), 59% dos seus associados perceberam um aumento de até 25% nas consultas durante o período da pandemia, inclusive de pacientes que já receberam alta.

Somado a isso, é possível perceber uma preocupação maior por parte da sociedade com relação à sua saúde mental e, por consequência, estão buscando por profissionais das áreas de psicologia e psiquiatria para a realização de tratamentos.

Dessa maneira, a área de atuação dos psicólogos aparenta estar em crescimento e, por isso, conseguir uma carreira na área não será uma missão impossível, principalmente para os estudantes que contam com uma base educacional superior de uma faculdade de Psicologia EaD ou presencial.

Sendo um profissional altamente capacitado e que busca inovar no mercado de trabalho, você conseguirá se destacar e ter uma boa base de clientes ou, até mesmo, conseguir um emprego em uma boa clínica.

2. É uma área que oferece variadas oportunidades de atuação para os estudantes de Psicologia

Você já parou para pensar sobre qual o objeto de estudo da Psicologia? Essa é uma área responsável por estudar os processos mentais, e esse conhecimento pode ser utilizado de diversas maneiras profissionalmente.

Veja, a seguir, algumas das possibilidades de atuação e pós-graduação para quem quer atuar de maneira diferenciada na área de Psicologia:

Psicologia Ambiental

Para quem ama a mente humana e o meio ambiente, a Psicologia Ambiental é uma área interessante de ser explorada. Nela, o profissional estudará o comportamento humano em relação ao meio ambiente.

Psicologia do Trabalho

Essa é uma área da Psicologia que é comumente vista em organizações dos mais diversos setores, pois atua nas avaliações psicológicas dos candidatos que estão prestando para vagas nas instituições, estudo das ações humanas nas empresas, desenvolvimento e análise organizacional, entre outras atuações.

Neurociência

A área de Neurociência realiza um estudo mais aprofundado da mente humana, inclusive da sua parte física: medula espinhal, cérebro e demais nervos periféricos. Assim, o profissional pode seguir na carreira acadêmica ou atuar de maneira prática com pacientes que tenham necessidades diferenciadas.

Psicologia Educacional

Se você ama crianças, vale a pena investir na área de Psicologia Educacional. O profissional atua no diagnóstico de transtornos, intervenções individuais ou coletivas às crianças, além de realizar pesquisas na área.

3. Permite atuação remota

Nos últimos anos, cresceram as possibilidades de diferentes áreas profissionais atuarem de maneira remota, inclusive a de Psicologia, ampliando, ainda mais, as oportunidades de crescimento nessa carreira.

Mesmo que você tenha feito uma faculdade no Paraná e ainda more na região, poderá atender a pacientes de outros estados e países por meio dos teleatendimentos, que já são possíveis para os psicólogos.

De acordo com dados divulgados pelo ePsi, um portal que lista os profissionais autorizados pelo Sistema Conselhos de Psicologia a realizar atendimentos on-line, o número de novos cadastros cresceu 450%.

A tendência é que, mesmo com a flexibilização do trânsito de pessoas pelas cidades, os serviços de psicologia à distância ainda sejam uma alternativa interessante, principalmente para quem quer economizar tempo, mas não abdicar da sua saúde mental.

Estudo remoto também é tendência

A praticidade não começa apenas no trabalho: também já é possível fazer cursos de Psicologia EaD ou de outras áreas, o que acaba oferecendo mais conforto e dinamismo para os estudantes.

Conforme o Censo da Educação Superior 2020, o número de matrículas em graduações na modalidade a distância superou o presencial. Estudar a distância foi a opção de 53,4% dos alunos.

Veja também:

E-book - Educação à Distância

4. Os estudantes de Psicologia não precisam ser fãs de Freud para atuar na área

Apesar de Freud ser considerado o pai da psicanálise, os estudos Freudianos são apenas uma das vertentes da área. Ao longo da realização do curso de Psicologia, os estudantes terão acesso a outras vertentes que, inclusive, questionam os seus estudos.

Por isso, não se preocupe caso não fique tão fã do psicanalista Freud: o importante é que você encontre a linha de pensamento que faça mais sentido para você e seja útil nas abordagens e tratamentos com seus pacientes.

Um exemplo que pode ser explorado por você ao se formar é a Terapia Cognitivo Comportamental, sendo muito efetiva com pacientes que sofrem de depressão e TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada).

Já o Behaviorismo defende que o comportamento humano pode mudar conforme o ambiente em que se está inserido, bem como a realização de estímulos. Dessa maneira, pode ser a chave para o tratamento de variados tipos de pacientes psicológicos.

5. A Psicologia é reconhecida como uma ciência

Você sabia que a Psicologia é reconhecida como uma ciência? Por mais que algumas pessoas pensem que tudo não passa de “teoria”, essa área é fundamentada por métodos científicos.

Isso significa que o tratamento realizado pelo psicólogo é realmente efetivo e, por isso, deve ser levado a sério. Aliás, diversos experimentos e estudos são realizados para atestar as suas diferentes vertentes.

Um fato interessante é que Wilhelm Maximilian Wundt é considerado o pai da Psicologia e foi a primeira pessoa a criar um laboratório dedicado à área. Depois dele, diversos outros pesquisadores também buscaram se aprofundar nas pesquisas e experimentos na área.

Para que uma área seja considerada uma ciência, é necessário que ela seja regida pelas leis do método científico: ser baseada em fatos empíricos e procurar um conhecimento objetivo.

6. É uma área presente em todos os lugares

Conforme você avança em seus estudos, percebe que a Psicologia é uma área que não está restrita à Psicologia Clínica, mas é um campo de conhecimento muito amplo e permite diversas oportunidades de aprimoramento.

A Psicologia vai além de identificar e tratar doenças mentais; ela auxilia no conhecimento do próprio ser humano e seus comportamentos em relação ao ambiente em que vive e com as pessoas com as quais convive.

Além disso, essa área nos permite entender como podemos nos melhorar como pessoa, ter mais foco, lembrar mais, nos portar em diversas situações sociais e diversas outras atividades.

Por isso, vemos um crescimento da valorização desse profissional, que é cada vez mais buscado tanto em clínicas como em empresas das mais diversas áreas de atuação e, também, na internet, onde os profissionais podem divulgar seus serviços, descobertas e conhecimentos para a sociedade.

7. A maioria dos estudantes de Psicologia são do sexo feminino

De acordo com informações divulgadas pela Agência Brasil, cerca de 79,9% dos estudantes de Psicologia são mulheres. Isso mostra um grande passo para a igualdade de gênero no ensino superior. 

As razões para esse fenômeno podem ser variadas, como uma maior inclinação para relacionar fatos e emoções, facilidade para identificar a linguagem paraverbal e outros detalhes importantes para as consultas e diagnósticos.

E então? Você já sabia dessas curiosidades que todos os estudantes de Psicologia precisam saber? Agora, você terá um incentivo para se dedicar ainda mais aos estudos e se tornar um profissional ímpar no mercado!


Mas afinal, será que é melhor estudar em instituições de ensino presenciais ou EaD? Temos um post em nosso blog em que explicamos se o estudo remoto consegue ser tão bom quanto o ensino presencial!

O Ensino Presencial é realmente  melhor que o EaD?

Maria Clara

Escrito por Maria Clara

Topics: estudantes de psicologia

Vestibular Tuiuti 2022
Pós Graduação mestrado e doutorado
Pós Graduação Especialização
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes