Ao final do curso de pós graduação o profissional deverá: Ter visão diferenciada e global das patologias do sistema músculo esquelético; Aplicar de forma coerente a avaliação, objetivos e tratamento ao paciente ortopédico; Desenvolver raciocínio clínico e utilizar os recursos fisioterapêuticos de forma mais efetiva possível; Além de desenvolver seu lado técnico-científico desenvolver também a humanização, saber ver o paciente como pessoa e não como doença.

 

Nova call-to-action