Além de fascinante, a pesquisa e estudo das células neoplásicas é um campo em ascensão e com fartas oportunidades de trabalho. Frente aos dados crescentes de casos de câncer no mundo, mesmo entre as neoplasias que podem ser prevenidas como o câncer de colo uterino, é indiscutível a relevância do exame citológico como componente do trabalho multidisciplinar. No Brasil, com a ampla divulgação das campanhas de prevenção e diagnóstico precoce do câncer a demanda de exames aumenta significativamente, no entanto, a carência de profissionais que atuam nesta área ainda está muito longe de permitir uma cobertura adequada das necessidades. Como se trata de exame que exige conhecimentos aprofundados em fisiopatologia e treinamento intensivo em citologia morfológica, a formação de profissionais de nível superior, adequadamente qualificados, em uma Universidade com a tradição da UTP faz toda a diferença, e leva à recomendação pela Sociedade Brasileira de Citologia Clínica.

 

Competências ao final do curso

Após conclusão do curso, o profissional é verdadeiramente apto além de legalmente reconhecido para o exercício da citopatologia, com conhecimento e habilidade prática para imediata atuação e reconhecimento no mercado de trabalho.

 

Formato do Trabalho de Conclusão do Curso

Desenvolvimento de monografia, elaborada em dupla, baseada em revisão de literatura ou como resultado de desenvolvimento de trabalho prático, com apresentação.