O que é Ciências Forenses: Tecnologia Investigativa?

As Ciências Forenses utilizam conhecimentos teóricos e técnicos para analisar provas materiais que auxiliarão na resolução de crimes e delitos. A área apresenta dia a dia repleto de evidências de crime e violência, com um objetivo nobre: levar justiça às vítimas e promover uma sociedade mais segura.

Por que fazer uma pós-graduação em Ciências Forenses: Tecnologia Investigativa?

O mercado de trabalho para o formado em Ciências Forenses: Tecnologia Investigativa é variado. A atuação mais comum é como perito criminal, geralmente através de concurso público. Também existe a possibilidade de atuar como perito judicial, elaborando laudos e pareceres em processos civis e criminais.

Atualmente outras áreas de atuação vêm se desenvolvendo. As áreas de perícia em informática ou em meio ambiente, balística e genética forense são alguns exemplos. Independentemente da área, o perito atua em campo e laboratório.

Quem pode fazer a pós-graduação em Ciências Forenses: Tecnologia Investigativa?

A pós-graduação em Ciências Forenses: Tecnologia Investigativa tem público-alvo abrangente, formado por graduados de diversas áreas, como Direito, Medicina, Biologia, Odontologia e Química, por exemplo. Estes profissionais precisam ter interesse em obter conhecimento sobre investigação criminal e atuar como peritos judiciais e criminais.

O que você vai aprender na especialização em Ciências Forenses: Tecnologia Investigativa da Universidade Tuiuti?

O curso de Ciências Forenses: Tecnologia Investigativa capacita os egressos a atuar nos diferentes campos de trabalho de peritagem, além de elaborar e analisar laudo pericial. Estas competências são atingidas a partir de disciplinas integrativas.

Disciplinas como Vestígios e Evidência Biológicas, Química e Toxicologia Forense, Criminalística e Engenharia Forense são alguns exemplos. O aluno também terá contato com matérias de Papiloscopia, Datiloscopia e Revelação de Impressões Digitais e também Identificação Humana, Médico Legal e Perícias Associadas. Ainda, estão incluídos Crimes Cibernéticos, Computação Forense e Balística.

Se você se identificou com o curso e quer se aprofundar nesta carreira, faça sua inscrição no curso de Ciências Forenses: Tecnologia Investigativa da Universidade Tuiuti do Paraná!

Nova call-to-action