<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Qual a real diferença do curso tecnólogo para um superior

Postado por Maria Clara on 21-06-2022 14:54

curso tecnólogo

Muitos estudantes, além da dúvida sobre qual área profissional seguir, também podem se ver indecisos sobre a realização de um curso técnico ou outro tipo de curso Superior de Tecnologia, afinal, eles apresentam diferenças importantes entre si.

Neste post, explicaremos qual a real diferença do curso Tecnólogo para um superior e, assim, você decidirá com mais sabedoria se essa é a opção de formação mais alinhada com seus objetivos.

Boa leitura!

Duração dos cursos tecnólogo e superior

A primeira e mais conhecida diferença entre os cursos EaD ou presenciais técnicos e demais superiores é a sua duração. Normalmente, bacharelados e licenciaturas duram de quatro a cinco anos, enquanto a modalidade técnica dura de dois a três anos.

Assim, se você quer uma opção de curso que tenha um tempo reduzido, porém ofereça um diploma reconhecido no Ensino Superior, o tecnólogo pode ser uma ótima opção. Por se formar mais rápido, sua inserção no mercado de trabalho também será mais rápida.

Modalidade de ensino

Para quem está procurando ainda mais facilidade, pode investir nos cursos híbridos, que são uma modalidade de ensino na qual o estudante realiza atividades nas salas de aula, na faculdade e pelo ensino à distância.

Esse tipo de curso, além de deixar o processo de graduação com uma curta duração, também promove flexibilidade para o estudante, visto que ele não precisará se deslocar constantemente até o polo da faculdade.

Foco do ensino

Outra diferenciação está no foco de ensino: o curso tecnólogo oferece matérias que ensinam a prática da área e, por isso, apresentam menos assuntos teóricos; além disso, a formação é feita de maneira mais aprofundada em áreas mais específicas.

Como consequência, o aluno sairá da faculdade como um profissional capacitado para o mercado de trabalho, além de poder concorrer a vagas em áreas mais específicas, pois estará mais preparado para ocupá-las.

Já as graduações convencionais apresentam um aprendizado mais amplo, com conhecimentos que não vão, necessariamente, ser aplicados no dia a dia, mas que auxiliarão no conhecimento de seu contexto e passado.

Além disso, o aluno de bacharelado, ao se formar, pode atuar em uma amplitude maior de profissões, por conta da sua grade curricular. Já na licenciatura, o foco do ensino é preparar o estudante para a área acadêmica. 

Veja também:

E-book - Profissões do futuro

Variedade de cursos

Por ser mais específico, não pense que existem poucas opções de cursos tecnólogos no mercado. Atualmente, o MEC reconhece 134 denominações da modalidade de curso Tecnólogo reconhecida pelo sistema oficial, como segurança do Trabalho, marketing, design de interiores etc.

Investimento

O investimento feito por alunos de cursos tecnólogos e de outros tipos de graduações também é diferenciado. As mensalidades dos custos técnicos costumam ser mais baratas do que as de bacharelado, por exemplo.

Isso acontece justamente porque a duração do curso é menor, então, o estudante fica por menos tempo pagando as mensalidades, além de outras características que deixam o seu valor reduzido.

Os cursos de bacharelado e licenciatura acabam tendo um valor de mensalidade maior, e esta acaba sendo paga pelo dobro do tempo em relação a um curso Tecnólogo, algo que pode ser inviável para alguns estudantes.

Assim, para os alunos que não apresentam condições de pagar por uma faculdade com graduação de bacharelado ou licenciatura, a alternativa mais barata é procurar a sua área na modalidade de tecnólogo. 

Validação do diploma

Ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, os cursos Tecnólogos é um tipo que faz parte das graduações superiores, pois é necessário que o estudante conclua o Ensino Médio para realizá-lo.

É importante entender esse ponto, já que muitos estudantes acabam desistindo de fazer um tecnólogo por pensarem que apenas um bacharelado ou licenciatura são formações de nível superior.

E o mesmo vale para as modalidades: seja ensino EaD, seja presencial, seja híbrido, o diploma é válido do mesmo jeito. Por isso, não se preocupe: escolha a graduação que mais for conveniente para você!

Investir em um curso Tecnólogo permitirá que você, de maneira rápida e com pouco curso, tenha uma maior oportunidade de trabalho em seu mercado, tornando-se um profissional qualificado, habilitado e capacitado.

Existem exceções

É importante ter em mente que nem todos os cursos tecnólogos são realmente válidos. Para que isso seja possível, é importante que eles atendam às normas regulamentadoras e sejam devidamente reconhecidos pelo MEC

Para que uma instituição ofereça um curso Tecnólogo, é importante que ela atenda às seguintes condições simultaneamente:

  • Ter corpo docente com competência;
  • Oferecer aos alunos uma boa infraestrutura de apoio;
  • Estrutura curricular construída para alcançar os objetivos profissionais.
  • Boa nota em provas como o ENADE;
  • Apresentar uma boa nota no Conceito de Curso (CC).

Este artigo foi um conteúdo pensado para explicar a você, mais detalhadamente, a real diferença entre o curso Tecnólogo e um superior. Assim, você poderá se desfazer de alguns mitos sobre esse tipo de graduação e entender se ela é a melhor opção para você.

Se você é uma pessoa do Direito, mas também ama tecnologia, investir na carreira de advogado de crimes na internet pode ser uma ótima escolha. Leia este outro post em nosso blog, no qual explicamos um pouco mais sobre essa profissão.

Como é a atuação de um advogado em crimes na internet

Maria Clara

Escrito por Maria Clara

Topics: curso tecnólogo

Vestibular Tuiuti 2022
Pós Graduação mestrado e doutorado
Pós Graduação Especialização
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes