<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog Tuiuti

Quais as perspectivas para o futuro das profissões?

Postado por Yuri Kepler on 14-02-2020 9:03

Arquiteto que compreendeu o futuro das profissões trabalha em seu computador

 

Em um momento cada vez mais digital, graças aos avanços da tecnologia, já começamos a viver a “Quarta Revolução Industrial”. Assim como em todas as outras revoluções há mudanças profundas na economia e no mercado de trabalho. É aí que as profissões mais tradicionais perdem espaço e novas começam a surgir. Além disso, as empresas e os relacionamentos profissionais deixam de ser físicos e se tornam virtuais. Temos, assim, questões que trazem algumas incertezas aos profissionais do mercado: quais as perspectivas para o futuro das profissões e o futuro do trabalho?

A força produtiva será outra e é necessário que as pessoas já comecem a repensar a vida profissional, as formas de agir e sobre como tomar novas decisões. 

O mercado passa a procurar por multiprofissionais, ou seja, não basta você apenas saber executar o que aprendeu na graduação. É preciso ter conhecimento de áreas distintas, além de  visão sistêmica - ou seja, saber um pouco, ao menos, sobre todos os processos. 

Após a graduação é preciso que o aluno nunca seja ex-aluno. Ele precisa ter na vivência profissional oportunidades que o destaquem para ser o verdadeiro profissional do futuro.

Como se preparar para as mudanças?

Hoje as empresas e o consumo já mudaram muito e buscam perfis profissionais que tenham competências e habilidades para potencializar os resultados e agregar valores. Tudo começa com a inovação e criatividade para conseguir se adaptar e destacar no mercado. 

Por exemplo, um arquiteto vende muito mais o trabalho pelo  que consegue apresentar nas redes sociais e, consequentemente, convidar os clientes a apostar no que ele tem a oferecer. Ao publicar um projeto arquitetônico em 3D, ele mostra a realidade do que será entregue.

E como ele desenvolveu essas habilidades? Soube trabalhar a resolução de problemas. Fez uma boa graduação, e assim que se tornou egresso, já fez uma pós-graduação e novos cursos para aprimorar na área de formação. E mais, enquanto se atualizava não ficou parado e conseguiu desenvolver várias outras competências para comunicar e atrair o cliente, como aprender noções de marketing, por exemplo. 

O profissional que citamos como exemplo acompanhou as tendências, pois, diferentemente de anos atrás, quando  o cliente vinha até o escritório, hoje é preciso atraí-lo para um café e apresentar ali mesmo, em uma conversa informal, o seu trabalho. Apesar do boca a boca, a venda é feita pelas redes sociais, onde o profissional poderá divulgar seu trabalho. 

Mas será que só inovação e criatividade são suficientes? Com certeza não. Há várias outras características que se referem ao comportamento deste profissional no mercado de trabalho, como: resolução de problemas, proatividade, capacidade de gerenciamento, visão sistêmica, raciocínio, desafios, entre outros. É preciso que enquanto profissional você sempre apresente e/ou traga contribuições para a empresa.

Agora que você já viu quais são as perspectivas para o futuro das profissões, que tal conferir quais são as profissões do futuro e as áreas que estão em alta? Após essa leitura você já estará mais preparado para tomar a decisão de qual curso superior ou pós-graduação fazer. As opções de cursos e universidades são muitas, mas saber fazer uma boa escolha é um dos diferenciais para o seu futuro no mercado.

Saiba quais são as Profissões do Futuro!

Yuri Kepler

Escrito por Yuri Kepler

Universidade Tuiuti do Paraná

Topics: profissões do futuro, futuro das profissões, vida profissional

Blog_01
Blog_01-1
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes