<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog Tuiuti

Além da academia: onde um mestre ou doutor pode atuar

Postado por Yuri Kepler on 22-11-2017 11:00

mestre

Os profissionais que possuem um mestrado ou doutorado têm sido cada vez mais vistos como peças-chave nas organizações. Seus perfis teóricos mais exigentes e aprofundados podem influenciar positivamente no processo de tomada de decisões.

Sua presença ainda representa uma parcela pequena no mundo corporativo, não atingindo a casa de 10%. Mas esse índice vem crescendo, e outro motivo que justifica esse fato, é o de que as especializações (pós-graduação lato sensu ou MBA) já não representam mais um diferencial por si só. Grande parte dos profissionais empregados nas organizações já possuem ao menos uma especialização.

Mais adiante, iremos apontar opções de destaque no mercado de trabalho para mestre, e também alternativas no mercado de trabalho para doutor, diferentes da carreira acadêmica.

Carreira depois do mestrado ou doutorado

Basicamente, o profissional com título de mestre ou doutor destaca-se pelo fato de possuir uma graduação, que é mais voltada à formação profissional, e uma pós-graduação acadêmica, que privilegia a pesquisa técnico-científica

Portanto, o mercado de trabalho pode tornar-se bastante abrangente para escolher uma carreira depois do mestrado. Inclusive, com salários mais atrativos.

Algumas áreas apresentam-se com forte associação às características que geralmente um mestre ou doutor possui. O mercado de trabalho para mestre no ramo da consultoria pode constituir-se como um casamento perfeito. Suas fortes habilidades analíticas e embasamento científico são aptidões extremamente adequadas ao que se espera de um consultor.

A valorização no mercado de trabalho para doutor, quando nos referimos ao setor público, também é uma realidade. Servidores com título de mestre ou doutor tem verificado uma boa oferta de vagas para cargos, e ainda, com uma boa valorização de salários.

A indústria e os segmentos tecnológico e de engenharia também costumam receber os mestres e doutores de braços abertos. Como a pesquisa, inovação e projetos são constantes no cotidiano de ambos os ramos, as aptidões dos acadêmicos são facilmente aproveitadas e valorizadas.

Extensão da pesquisa

A transição da área acadêmica para o mundo corporativo não se caracteriza como um empecilho, na maioria dos casos, mas sim uma oportunidade para aplicar todo o conhecimento e universo da faculdade no campo prático.

Uma das principais forças que fez com que as empresas buscassem os acadêmicos foi a necessidade de inovação. Profissionais altamente qualificados de um ramo diverso têm dado certo nas organizações. Trazem uma abordagem diferente, e podem trabalhar em variadas funções, como no desenvolvimento de produtos específicos.

A área do conhecimento pode ser determinante para a adaptação

Pudemos conferir que o mercado de trabalho corporativo não é fechado para os mestres e doutores. Muito pelo contrário. Porém, notadamente, há alguns setores como o financeiro, por exemplo, em que um pouco de entendimento sobre negócios pode facilitar as coisas.

Considerando que os mestres e doutores, de uma maneira geral, procuram e recebem ofertas de emprego em suas áreas de expertise, a sua adaptação costuma ocorrer de forma harmoniosa.

Mestrados e doutorados estão em alta, também por sua versatilidade. Este post lhe ajudou a enxergar com mais clareza os caminhos a seguir após o curso de mestrado ou doutorado? Conte pra gente nos comentários!

Leia também: Pós-graduação Stricto Sensu: diferenças entre mestrado e doutorado

Nova call-to-action

Yuri Kepler

Escrito por Yuri Kepler

Universidade Tuiuti do Paraná

Topics: mestrado, Doutorado

Blog_01
Blog_01-1
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes