<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog Tuiuti

Especialização ou mestrado, qual a melhor opção?

Postado por Yuri Kepler on 28-09-2017 9:38

Especialização ou Mestrado

A conclusão da graduação é o primeiro passo rumo a uma carreira de sucesso. O seguimento dos estudos, seja com uma especialização ou mestrado, proporciona crescimento profissional, possibilidade de ganhos mais altos e, claro, reconhecimento.

Ao deparar-se com as possibilidades de pós-graduação, muitos estudantes ficam na dúvida: especialização ou mestrado, qual a melhor opção? A resposta é: depende.

Depende dos seus objetivos, do seu momento profissional e até do futuro que você almeja. Para ajudá-lo nessa decisão, preparamos este post. Fique conosco!

O que é uma especialização?

As especializações são cursos de pós-graduação lato sensu, ou seja, de sentido amplo. O estudante que opta por uma especialização está em busca de conhecimentos abrangentes, que possibilitem sua inserção em determinado nicho de mercado com mais facilidade.

Um administrador que tenha interesse na carreira de gestão de pessoas pode fazer uma especialização em recursos humanos; um contador que deseja alcançar a gerência financeira de uma empresa pode optar por uma especialização em finanças; um médico que precise gerir sua clínica particular pode cursar uma especialização em gestão de negócios.

Como você pode ver, as especializações permitem o cruzamento de áreas de atuação, proporcionando ao profissional adentrar com mais especificidade em determinado segmento.

Vale lembrar que no Brasil os MBAs (Master in Business Administration) são considerados especializações.

E um mestrado, o que é?

O mestrado faz parte das pós-graduações stricto sensu, ou seja, de sentido estrito. Isso significa que o estudante de mestrado mergulha profundamente em determinado assunto, investigando um problema levantado por ele e que seja relevante para a sociedade.

No mestrado, o profissional tem a possibilidade de desenvolver competências acadêmicas e de pesquisa, portanto, costuma enveredar para a docência. No entanto, não é obrigatório. Muitos profissionais com mestrado atuam em empresas de todos os portes e segmentos.

Pela profundidade dos estudos, no mestrado a dedicação do aluno é bem maior. Tanto que muitos programas de pós-graduação stricto sensu exigem dedicação exclusiva dos estudantes.

Afinal, especialização ou mestrado?

Como mencionamos no início do post, depende. Para determinar qual é a melhor pós-graduação para você, avalie seus objetivos profissionais e pessoais.

Uma especialização abre espaço para uma atuação mais prática e condizente com as necessidades do mercado de trabalho. O mestrado, por sua vez, amplia as possibilidades de atuação do estudante no ambiente acadêmico.

As especializações costumam ser mais acessíveis financeiramente, assim como são mais flexíveis, com aulas uma ou duas vezes por semana. No mestrado, além das aulas você tem uma alta carga de pesquisa, sem falar nos custos, que são mais altos.

Com relação à cargos públicos, ambas formações oportunizam a entrada em bons órgãos. Mas vale saber que a titulação conta pontos, ou seja, quem tem um mestrado sai na frente dos demais.

A dúvida continua? Baixe abaixo o e-book Chega de dúvidas: saiba quando partir para a pós-graduação stricto sensu e tome sua decisão!

Nova call-to-action

Leia também: 7 perguntas sobre pós-graduação que você não pode deixar de conferir

Yuri Kepler

Escrito por Yuri Kepler

Universidade Tuiuti do Paraná

Topics: especialização

Blog_01
Blog_01-1
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes