<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog Tuiuti

Entenda mais a respeito da pós-graduação em psicologia no trânsito!

Postado por Yuri Kepler on 08-11-2017 10:00

pós-graduação em psicologia no trânsito

Enquanto está indo para o trabalho, você presencia a batida entre dois veículos, em que os passageiros ficam gravemente feridos. Com pressa para não perder a hora, um pedestre atravessa a rua fora da faixa. Por motivos banais, dois motoristas bastante exaltados discutem em público.

As situações descritas acima são bastante comuns no trânsito de qualquer cidade. Podem ser protagonizadas por qualquer um dos personagens que ajudam a escrever essas histórias: motoristas, pedestres, ciclistas, motoqueiros e passageiros do transporte público.

Nesse post, destacamos a importância da psicologia de trânsito. Você vai entender melhor o que faz esse profissional e porque suas intervenções têm se tornado cada vez mais necessárias.

O que faz um psicólogo do trânsito?

O psicólogo de trânsito é o profissional responsável por analisar a conduta de todos os envolvidos em episódios que acontecem no trânsito, considerando o contexto que cerca cada situação.

Ele pode atuar tanto na esfera científica quanto em atividades práticas. Em âmbito acadêmico, cabe a ele a observação de situações corriqueiras, realização de pesquisas e entrevistas com usuários que viabilizem a manutenção de estatísticas atualizadas.

Elas, por sua vez, podem servir como ponto de partida para estudos com um viés psicossocial, a partir de três eixos principais: as pessoas que se movimentam, as vias e veículos.

Como ele promove a segurança no trânsito?

Também faz parte das atribuições do psicólogo do trânsito a disseminação de conhecimentos que contribuam para a promoção da qualidade de vida, atuando na prevenção de acidentes.

Assim, ele é responsável por coordenar ações de cunho educativo, fornecendo orientações à população. Dessa maneira, o psicólogo de trânsito presta assessoria para diversas entidades públicas e privadas.

Numa perspectiva mais ampla, ele auxilia na reabilitação de pacientes com fobias ao volante e traumas decorrentes de acidentes, simultaneamente ao estudo dos fatores impeditivos à prática da direção, como alcoolismo, uso de drogas e outros distúrbios que possam afetar a segurança no trânsito.

Por que fazer essa especialização?

Por fim, destaca-se que essa especialização tornou-se obrigatória para todos os profissionais que atuam nos Departamentos de Trânsito ou mantêm parceria com este órgão. O grau de especialista em psicologia do trânsito deve ser reconhecido pelo conselho federal da categoria.

No DETRAN, o profissional é responsável pela avaliação psicológica de candidatos que estão pleiteando a obtenção, renovação ou mudança de categoria da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Para ter embasamento na emissão deste parecer, o profissional deve aplicar diversos tipos de testes psicológicos. O objetivo é identificar as características que mais se sobressaem na personalidade do futuro motorista, antecipando-se aos eventuais riscos que eles possam vir a oferecer.

Viu só quantas possibilidades são abertas para o profissional que se especializa em psicologia do trânsito? Independentemente da área em que atua, é essencial que o profissional atualize seus conhecimentos, frente aos complexos desafios com os quais se depara no dia a dia.

Quer saber mais? Faça o download do e-book sobre Pós-Graduação em Psicologia!

Nova call-to-action

Leia também: Pós-graduação é essencial para melhorar a remuneração

Yuri Kepler

Escrito por Yuri Kepler

Universidade Tuiuti do Paraná

Topics: Pós Graduação

Blog
Blog-1
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes