<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog Tuiuti

Como posso me tornar um perito criminal?

Postado por Yuri Kepler on 18-11-2019 9:00

Atuar como perito criminal requer muita dedicação e persistência, afinal, se trata de uma carreira que apresenta desafios diários e, portanto, exige muita responsabilidade. A principal tarefa desse profissional se resume em coletar dados e evidências que, juntamente com inúmeras pesquisas, ajudarão a solucionar delitos.

Entretanto, para exercer a profissão, é essencial cursar uma pós-graduação de Ciências Forenses em Curitiba. Depois disso, será necessário aperfeiçoar certas competências e participar de determinados processos seletivos. Continue acompanhando este conteúdo para entender como atuar nessa área. Confira a seguir!

Formação necessária

Entender o que é perito criminal é o primeiro passo para iniciar essa nova trajetória profissional. Caso você ainda esteja na etapa de escolher a primeira graduação, o mais indicado é se matricular no curso de Investigação Forense e Perícia Criminal. As disciplinas dessa formação proporcionam amplo conhecimento teórico e prático sobre as áreas jurídicas e de investigação forense.

Porém, se a sua realidade é a de um profissional já graduado, mas que deseja mudar de carreira, a recomendação é cursar uma pós-graduação em Ciência Forenses. Vale destacar que essa especialização é restrita aos profissionais de saúde e de ciências exatas, como engenheiros, químicos, médicos e enfermeiros.

Principais habilidades

Ao  finalizar a especialização em Ciências Forenses em Curitiba, o profissional terá aperfeiçoado determinadas habilidades indispensáveis à carreira, como a capacidade de observação, dinamismo, foco, conhecimento em diferentes áreas de setor, persistência e dedicação. 

Além de todas essas qualidades, é importante se manter competitivo no mercado. Para isso, o perito deve se atualizar constantemente sobre as novas técnicas e procedimentos do ramo. Então, a dica é participar de congressos, workshops, cursos livres e demais maneiras de ampliar seu campo de atuação. 

Mercado de trabalho

Cumpridos os requisitos básicos para atuar no setor, o perito precisará prestar um concurso público, seja para o cargo civil ou federal. Ao ser aprovado na seleção, o candidato deverá realizar um treinamento específico para ocupar o cargo desejado, com aproximadamente  300 horas e focadas na área em que o profissional trabalhará.

As áreas de Perícia Criminal abrangem diversos segmentos, cada um com sua especialidade. Entre eles, podemos destacar:

  • Informática: solução de crimes virtuais, como clonagem de cartão de crédito;
  • Financeira:  crimes de colarinho branco;
  • Química: análises laboratoriais;
  • Engenharia: supervisionamento o superfaturamento de obras;
  • Genética: identificação do DNA de humanos, vegetais e animais;
  • Meio Ambiente: solução de crimes contra a flora e fauna nacional.

Apesar de essas serem as principais funções exercidas, a mais reconhecida — e almejada por muitos profissionais — é a que atua na coleta de evidências em locais de crimes, como homicídios, acidentes de trânsito, ameaças químicas, incêndios, etc.

Como você pode perceber, fazer um curso de pós-graduação em Ciências Forenses em Curitiba é o primeiro passo para iniciar a carreira de perito criminal. Concluída a formação, acompanhe de perto o lançamento dos editais estaduais e federais para encontrar a oportunidade perfeita para atuar na área.

Agora que você já sabe como se tornar um perito criminal, conheça o trabalho que esse profissional realiza!

CONHEÇA A CARREIRA DE UM PERITO CRIMINAL

Yuri Kepler

Escrito por Yuri Kepler

Universidade Tuiuti do Paraná

Topics: Ciências Forenses em Curitiba

Blog_01
Blog_01-1
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes