<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=124432238231600&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog Tuiuti

Vai transferir a graduação? Traga seu FIES com você!

Postado por Yuri Kepler on 18-12-2017 10:30

transferir o FIES

A passagem pelo Ensino Superior não tem roteiro. Situações imprevistas também fazem parte do dia a dia de qualquer estudante, obrigando ao graduando a rever seus planos.

Depois de alguns semestres, você pode simplesmente se dar conta de que fez a escolha errada. Ou então receber uma tentadora proposta de trabalho para assumir um cargo em outra filial ou na sede de sua empresa.

Transferir a graduação é uma possibilidade que não pode ser descartada. Mas que providências devem ser tomadas quando o aluno é beneficiário do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)? É o que nós vamos explicar no post de hoje!

O que diz o FIES?

As diretrizes do FIES permitem tanto a mudança de curso dentro da mesma instituição quanto a troca externa. Neste segundo caso, a graduação permanece inalterada.

Transferir o Fies para um outro curso da mesma faculdade pode ser feito uma única vez, mas é necessário que o intervalo entre o início e o desligamento da graduação de origem não ultrapasse o período de 18 meses.

Em ambos os casos, de mudança interna ou externa, a solicitação pode ser feita a partir do último mês do semestre cursado ou suspenso na instituição de origem. A janela se encerra quando for efetuada a renovação do financiamento relativo ao semestre de quando você for mudar de faculdade com o FIES.

Que outros cuidados você deve observar?

Para renovar seu direito sobre o financiamento, mesmo após a mudança, o estudante precisa se atentar a alguns outros aspectos ao formalizar sua decisão.

Assim, informe-se se a faculdade de destino aderiu ao Fies de maneira regular, bem como o Fundo Garantidor de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc). Atente-se também para o conceito do MEC para o curso de destino: é essencial que ela seja positiva.

Se o seu contrato foi assinado antes de 14 de janeiro de 2010, é necessário que o pedido seja aprovado pela Caixa Econômica Federal, que validou o seu financiamento.

Por que transferir seu curso para a Tuiuti?

Está de mudança para o Paraná ou a qualidade do seu curso não correspondeu às suas expectativas? Conheça tudo o que a Universidade Tuiuti do Paraná pode fazer pelo seu futuro.

Se o fator financeiro é preponderante para você, é importante ressaltar que, além do FIES, nós também aderimos ao Programa Universidade para Todos (PROUNI). Sensíveis aos impactos da crise econômica, nos preocupamos também em oferecer outras alternativas, como o CredIES e o PRAVALER.

Mas, para reconhecer a qualidade de um curso, há mais aspectos que devem ser considerados, como a infraestrutura. Para que nossos alunos consigam vivenciar, na graduação, situações reais cotidianas sua profissão, nós investimos em infraestrutura.

Destaque, por exemplo, para o START, um Centro de Aprimoramento de Carreiras, voltado a orientação de alunos e egressos, além de espaços como a Fazenda-Escola, as Clínicas de Saúde e o PIMENTA, criado para incentivar a pesquisa e a inovação no mundo dos negócios.

Entendeu agora como é possível transferir o Fies? Nós não medimos esforços para nos credenciar como uma ótima alternativa na região de Curitiba. Acesse o nosso site para mais informações sobre os cursos!

Leia também: 34 cursos que você pode fazer em Curitiba

Nova call-to-action

Yuri Kepler

Escrito por Yuri Kepler

Universidade Tuiuti do Paraná

Topics: Financiamento Estudantil

Blog_01
Blog_01-1
Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

Assinatura de e-mail de blog

  

Posts por Tópico

Veja todos

Posts Recentes